Exxon Discute Noruega Asses Venda com Var Energi

9 setembro 2019
(Foto: Harald Pettersen / Equinor)
(Foto: Harald Pettersen / Equinor)

A ExxonMobil, maior petroleira do país, disse na sexta-feira que assinou um acordo de exclusividade com a Var Energi para negociações sobre uma possível venda dos ativos upstream noruegueses da Exxon.

Uma aquisição dos ativos de produção da Exxon na Noruega consolidaria a posição da Var Energi como o segundo maior produtor de petróleo da Noruega depois da Equinor, excluindo a estatal Petoro, que administra participações governamentais em licenças offshore.

A Reuters informou em 5 de setembro que a Exxon havia concordado em vender suas participações em cerca de 20 campos operados por parceiros, dois anos após a venda de seus ativos operados.

A Exxon confirmou as negociações exclusivas com a Reuters na sexta-feira e disse que um acordo final de vendas ainda não foi assinado.

Em 2018, a produção líquida da Exxon a partir de campos na Noruega foi de 158.000 barris de equivalente de petróleo por dia (boepd), mostraram dados da Diretoria de Petróleo da Noruega.

A Var Energi, quase 70% de propriedade da Eni, produziu 169.000 boepd líquidos em cinco campos operados e 14 parceiros operados no ano passado, informou a empresa.

A Var, que foi criada no ano passado pela fusão dos ativos da Eni na Noruega com a firma norueguesa Point Resources, já havia dito anteriormente que pretendia aumentar sua produção líquida para 250.000 boepd no início de 2020.

A Exxon também está considerando vender seus ativos no Mar do Norte britânico depois de mais de 50 anos, disseram fontes da indústria à Reuters no mês passado.

A principal petrolífera tem se concentrado mais nos últimos anos no crescimento de sua produção terrestre de xisto nos EUA, especialmente na bacia do Permiano, bem como no desenvolvimento de grandes descobertas de petróleo na Guiana.


(Relatório Nerijus Adomaitis, edição de Gwladys Fouche e Elaine Hardcastle)

Categorias: Energia, Fusões e Aquisições