Itochu procura venda no Mar do Norte

Por Ron Bousso e Clara Denina12 junho 2018
(Foto: Dana Petroleum)
(Foto: Dana Petroleum)

A Itochu, uma trading japonesa de commodities, está buscando compradores para as ações em dois campos petrolíferos do Mar do Norte, um oleoduto e um terminal, segundo um documento visto pela Reuters.

A venda, administrada pelo Scotiabank, pode chegar a US $ 250 milhões, segundo fontes bancárias.

A transação marcaria a última saída de um ator de longa data na bacia do envelhecimento, à medida que uma nova geração de empresas, muitas com o apoio de private equity, busca injetar nova vida nos campos de petróleo e gás.

A Itochu, através de sua subsidiária britânica CIECO UK, está se oferecendo para vender sua participação de 23% no cluster de Western Isles no norte do Mar do Norte, localizado a cerca de 160 km (100 milhas) a leste das ilhas Shetland.

O campo, que é operado pelo grupo britânico Dana Petroleum, iniciou a produção em novembro de 2017 e produziu 45.000 barris de petróleo por dia em abril de 2018, de acordo com o folheto da venda.

A Itochu também está vendendo uma participação de 26% no campo de Hudson e pequenas participações no Brent System Pipeline e no Sullom Voe Terminal.

As licitações serão entregues até o meio dia de Londres, no dia 27 de junho, conforme mostra o documento.

A Itochu e o Scotiabank não responderam aos pedidos de comentários.

A Itochu recentemente concordou em comprar uma participação de 20 por cento no campo petrolífero iraquiano West Qurna 1 da Royal Dutch Shell, sinalizando que a empresa japonesa está voltando sua atenção para novas regiões. Entrou no Mar do Norte no início dos anos 90.

A venda não inclui a participação de 12% da CIECO na descoberta de Verbier, operada pela Equinor da Noruega.


(Edição de Dale Hudson)

Categorias: Energia, Energia Offshore, Finança