Reliance fecha campo na bacia de Krishna-Godavari

21 setembro 2018

A Reliance Industries Ltd, da Índia, fechou um campo de petróleo e gás offshore na costa leste da Índia, informou a companhia em comunicado divulgado na sexta-feira, depois de ver um declínio natural na produção por meses.

O fechamento marca o início do fim da primeira incursão da empresa na exploração e produção de petróleo e gás, que começou em setembro de 2008, quando o campo produziu o primeiro petróleo.

"A produção do campo estava em declínio natural e enfrentando desafios contínuos devido à alta produção de água e ingresso de areia ... e não tinha reservas remanescentes", disse o comunicado da empresa.

O campo MA, que era principalmente um campo produtor de petróleo, está entre os três campos de petróleo e gás que a empresa tem na bacia de Krishna-Godavari (KG) da Baía de Bengala.

Os outros são os campos D1 e D3, que são campos produtores de gás natural. Esses campos começaram a produção em abril de 2009.

A transformação da Reliance Industries em exploração e produção de petróleo e gás teve resultados sem brilho para o proprietário da empresa e homem mais rico da Índia, Mukesh Ambani. Ele prometeu produzir quase 45 por cento das necessidades de petróleo e gás da Índia até 2010 e economizar cerca de US $ 20 bilhões em sua conta de importação.

A produção dos campos começou a declinar rapidamente após atingir um pico de 30.000 barris por dia (bpd) de petróleo bruto e 60 milhões de metros cúbicos por dia de gás, pois a empresa não conseguiu gerenciar as complexidades geológicas da produção em águas profundas.

Após um hiato de 10 anos, a Reliance, juntamente com sua parceira BP Plc, mais uma vez alocou um investimento de US $ 4 bilhões para desenvolver novos projetos na bacia que produzirão até 35 milhões de metros cúbicos por dia de gás em fases ao longo de 2020. 2022, a empresa disse em seu relatório anual publicado em maio.


(Reportagem de Promit Mukherjee; Edição de Christian Schmollinger)

Categorias: Energia, Energia Offshore, No mar