Vantage Drilling vence US $ 622 milhões em acordo contra a Petrobras

Postado por Joseph Keefe15 julho 2018

A estatal Petrobras foi multada em US $ 622 milhões por um tribunal internacional por violar um contrato de 2009 com uma unidade da Vantage Drilling, informou o contator de sonda dos Estados Unidos nesta segunda-feira.
O tribunal concluiu que a Petrobras e suas unidades, a Petrobras América Inc (PAI) e a Petrobras Venezuela Investments and Services (PVIS) violaram um contrato de parceria com a Vantage Deepwater Co.
Em 2016 (https://reut.rs/2KKTLwo), o executivo da Petrobras Jorge Zelada foi condenado a 12 anos e dois meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro após ter sido condenado por conceder indevidamente a Vantage um contrato em 2009.
A Petrobras havia notificado a Vantage em 2015 que havia rescindido o contrato, alegando que a Vantage havia violado os termos, após o que a Vantage havia apresentado uma reivindicação de arbitragem contra a PAI, a PVIS e a Petrobras por "rescisão injusta".

A Petrobras não estava imediatamente disponível para comentar.

Reportagem de Anirban Paul

Categorias: Atualização do governo, Energia, Energia Offshore, Finança, Legal, No mar